top of page
56560.jpg

LIBERAÇÃO MIOFASCIAL 

A liberação miofascial é uma técnica terapêutica que tem como objetivo relaxar e alongar a fáscia muscular, que é uma estrutura de tecido conjuntivo que envolve os músculos, tendões e outros tecidos do corpo. A fáscia muscular pode ficar tensionada ou com aderências devido a lesões, má postura, estresse ou outros fatores, causando dor, restrição de movimento e desconforto.

Durante a sessão de liberação miofascial, um terapeuta utiliza técnicas manuais ou instrumentos específicos para aplicar pressão controlada na área afetada. Isso pode incluir deslizamentos, pressões sustentadas ou movimentos de rolagem sobre os músculos e tecidos adjacentes. O objetivo é liberar as tensões e aderências presentes na fáscia, restaurando a flexibilidade, a mobilidade e a função adequada dos tecidos.

Ao aplicar pressão na fáscia muscular, a liberação miofascial ajuda a quebrar as aderências e a reduzir a tensão, promovendo o relaxamento dos músculos e o alívio da dor. Além disso, a técnica estimula a circulação sanguínea e a drenagem linfática, contribuindo para a eliminação de toxinas e o fornecimento de nutrientes aos tecidos.

A liberação miofascial pode ser utilizada como parte de um tratamento abrangente para diversas condições musculoesqueléticas, como dores musculares, lesões esportivas, fibromialgia, síndrome da dor miofascial, entre outras. Também é comumente usada como uma técnica de recuperação muscular após atividades físicas intensas.

A duração e a frequência das sessões de liberação miofascial podem variar de acordo com a condição e as necessidades individuais. Além disso, algumas pessoas podem sentir um certo desconforto durante o processo, especialmente se houver áreas de tensão ou aderências mais pronunciadas. No entanto, a técnica geralmente é bem tolerada e os efeitos costumam ser sentidos imediatamente ou ao longo do tempo, dependendo do caso.

bottom of page